ROOT: DESENVOLVEDOR ANUNCIA O FIM DO SEU ENVOLVIMENTO COM O SUPERSU

Há pouco mais de dois anos, o desenvolvedor de software e aplicativos conhecido como Chainfire anunciou a venda da ferramenta de root SuperSU para uma empresa recém-formada de nome CCMT. Agora, que o acordo de continuar trabalhando no aplicativo está terminando, Chainfire decidiu se aposentar.

O anúncio foi publicado em um post no Google Plus – sim, desenvolvedores parecem ainda gostar da rede social moribunda do Google –, no qual ele conta também que seu primeiro aplicativo está comemorando 10 anos neste ano, o KaiserTweak, e que daqui para frente ele vai mudar de foco. Não necessariamente abandonar o desenvolvimento mobile, mas talvez experimentar mais com Python, Kotlin e Swift.

De acordo com Chainfire, parte do acordo com a CCMT é de que ele iria permanecer envolvido com SuperSU por dois anos. Durante esse tempo, o SuperSU continuou a receber atualizações regulares, e Chainfire conseguiu concluir uma revisão de código completo. Até 24 de fevereiro do próximo ano, ele permanece como consultor da empresa, mas depois tchau. Com cinco anos de existência, o SuperSU segue agora como propriedade da CCMT e como um dos apps de root do Android mais populares, com mais de 100 milhões de usuários segundo Chainfire.

AndroidPIT magisk

Magisk pode ser uma boa alternativa ao SuperSU

O SuperSU é uma ferramenta de gerenciamento de acesso para dispositivos rooteados. O SuperSU atua no gerenciamento avançado e dá direitos de acesso ao superusuário para todas as aplicações que precisam de root. Outros dois apps bem populares quando o assunto é root são o Magisk e o Superuser.